Pesquise no blog:

Carregando...

Tradutor

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

São nas pequenas coisas...



"Nas grandes coisas as pessoas mostram-se como lhes convém;
nas pequenas, como realmente são..."

Nicolas de Chamfort


quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Resolva...



"Resolva que você não será mais afetado pelos problemas;
que não será mais tão sensível;
que não será mais vítima de hábitos e humores;
resolva que você será livre como um pássaro..."

Paramahansa Yogananda


quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Tudo depende...



Quando somos pacientes, coisas que normalmente consideraríamos muito dolorosas acabam não parecendo tão ruins. Ao contrário, quando não existe a tolerância e paciente, até as menores contrariedades parecem insuportáveis. Tudo depende da nossa atitude diante dos fatos.

Dalai Lama



Dica: O vício de pensar ( vídeo)


Olá amigos!

Compartilho com vocês um interessante vídeo de Eckhart Tolle falando sobre o maior vício da humanidade: o vício de pensar.
Os pensamentos nos levam para o passado ou para o futuro...e enquanto isso deixamos de viver o AGORA que é a única coisa real que temos.

Dê um pause na rádio do blog, e assista:


Beijos cheios de presença! :)


terça-feira, 28 de agosto de 2012

Um Jardim perfumado...



"Sempre pense em sua mente como um jardim e mantenha-a bela e perfumada com pensamentos divinos. Não deixe que se torne uma poça de lama empestada de odiosos humores. Se você cultivar as flores celestiais perfumadas de paz e de amor, a abelha da Consciência Crística virá furtivamente ao seu jardim. Assim como as abelhas procuram apenas as flores que o mel torna doces, assim Deus só vem quando a sua vida for adoçada pelo mel de seus pensamentos."

Paramahansa Yogananda


Lindo! Amei! :)

Flor do dia...



“As repetições negativas podem se manifestar desde as formas mais concretas até as mais sutis. Desde as dificuldades nos relacionamentos até as dificuldades mais intrincadas e complexas, que se manifestam na forma de doenças físicas e psíquicas. Vamos supor que na sua vida as repetições se manifestem na forma de um obstinado impulso de ser visto, de ser importante, de ser reconhecido e amado; e isso lhe traz uma angústia continua. Preste atenção, pois essa é uma porta de entrada para o seu inconsciente. Observe o que essa repetição quer lhe dizer. O que vem em primeiro lugar na mente? “Eu não confio em mim; não me sinto capaz e potente.” Isso quer dizer que existe uma insegurança básica que permeia a sua existência e isso indica que há uma parte em você que está trancada em negação e precisa ser resgatada. Se você é um filho de Deus e, no mais profundo, é uma manifestação dEle, como pode sentir-se inseguro? Isso quer dizer que há um distúrbio na sua percepção. Você está identificado com alguma parte de você que não é a sua essência."

Sri Prem Baba


Seja você mesmo...


Seja você mesmo. Todas as outras personalidades já têm dono.


Há muitas pessoas mundo afora levando uma vida que não lhes satisfaz, às vezes por seguir um caminho traçado pela família, às vezes por desejar atender as expectativas da sociedade.

Oscar Wilde foi um mestre do individualismo. E quando falo em individualismo não me refiro a dar as costas ao mundo, mas a se relacionar com ele de forma autêntica, sendo o que de fato você é: uma pessoa única, genuína, impossível de copiar.

Quando assumimos nosso papel, fica muito mais fácil nos movimentarmos pelos diversos cenários que o mundo proporciona a todo instante. Quando em Roma, faça como os romanos, mas não deixe de ser você mesmo.

Descobrir quem somos e quais são nossas prioridades é uma das missões da vida – provavelmente a mais importante de todas. Portanto, é preciso lutar pela própria identidade.

Como já dizia Francisco de Quevedo no século XVII: “Se puderes, vive para ti, pois, ao morreres, morrerás apenas para ti.”


Allan Percy
no livro Oscar Wilde para  inquietos
Ilustração: Annete Mangseth


segunda-feira, 27 de agosto de 2012

A verdadeira paz...


Era uma vez um rei que ofereceu um prêmio ao artista que pintasse o melhor quadro que representasse a paz. Muitos artistas tentaram. 
O rei olhou todos os quadros, mas apenas gostou mesmo de dois, e teve de escolher entre ambos.

Um quadro retratava um lago sereno. O lago era um espelho perfeito das altas e pacíficas montanhas à sua volta, encimado por um céu azul com nuvens brancas como algodão. Todos os que viram este quadro acharam que ele era um perfeito retrato da paz. 

O outro quadro também tinha montanhas. Mas eram escarpadas e calvas. Acima havia um céu ameaçador do qual caía chuva, e no qual brincavam relâmpagos. Da encosta da montanha caía uma cachoeira espumante. Não parecia nada pacífica. Mas quando o rei olhou, ele viu ao lado da cachoeira um pequeno arbusto crescendo numa fenda da rocha. No arbusto uma mãe pássaro havia feito seu ninho. Lá, no meio da turbulência da água feroz, se instalara a mãe pássaro em seu ninho; em perfeita paz.

Qual pintura você acha que ganhou o prêmio?

O rei escolheu a segunda. Sabe por que? "Porque PAZ," explicou o rei, "não significa estar num lugar onde não há barulho, problemas ou trabalho duro. PAZ significa estar no meio disso tudo e ainda estar calmo no seu coração. "Este é o significado real da PAZ!

Desconheço o autor.

20º Floral: Mimulus


MIMULUS
Nome científico: Mimulus gutatus
Palavra Chave: Superar medos conhecidos


Recomendado para medos “conhecidos”, aqueles medos mundanos que atrapalham no dia a dia: cachorro, falar em público, barata, dirigir, água, ladrão, de ficar doente (bom para os hipocondríacos também!), ir para escola, dentista, de se expor (timidez) e por aí vai…
Qualidades Positivas: A essência traz coragem e fortalece a vontade. Coragem e confiança em enfrentar os desafios da vida.
Qualidades Negativas: Para as pessoas que tem um profundo medo, do qual tem consciência de sua causa, mas não conseguem superá-lo por não se sentirem com coragem para tanto. Vencendo os desafios diários; superando os medos e preocupações que tendem a obstruir e incomodar desnecessariamente a personalidade. Timidez e inibição social.

Fontes: Thaís Delboni/ STUM




Flor do dia...



“Eu tenho te ensinado a ter consciência de que há prazer no negativo. É somente por que existe prazer que a repetição negativa continua acontecendo. Por exemplo, no seu relacionamento você está completamente viciado em discutir com o outro; você tem que sair vencedor, o que significa ter a última palavra. Conforme vai amadurecendo, você começa a perceber a sua responsabilidade no conflito e identifica que, por mais errado que o outro esteja, existe algo em você que instiga essa discussão. Você percebe que há um apego, um desejo de repetir essa cena, porque essa é uma forma de sentir o seu corpo pulsar; é uma forma de sentir esse prazer negativamente orientado. Percebendo isso, você pode experimentar fazer diferente. Como seria interromper essa discussão e deixar o outro ter a última palavra? Você observa que, se o outro se sente validado por você, ele passa a te validar também. E como é viver sem essa briga? Como é viver sem essa discussão? Como é viver com o outro que está dizendo sim para você?"

Sri Prem Baba


domingo, 26 de agosto de 2012

Que imagem projeto?

Escolhemos um carro de determinado modelo, compramos roupa de certa grife, temos preferência por alguns artigos, mas marcas e selos de qualidade não são algo exclusivo a produtos. Vale a pena nos fazermos algumas perguntas: E eu, de que marca sou? O que “vendo” aos outros? Que imagem projeto?

Em seu livro Y tú, ¿qué marca eres? (E você, de que marca é?, numa tradução livre), a especialista em marketing Neus Arqués assegura que a marca pessoal se constrói de dentro para fora, nunca o oposto. Não depende da roupa que vestimos ou de imitar outras pessoas, mas de transmitir valores autênticos.

Portanto, para deixarmos nossa marca, devemos antes fazer um exercício de introspecção e descobrir o que há de mais genuíno em nós. Conhecer nossos valores e virtudes é o que nos torna singulares e nos permite comunicar essa singularidade ao mundo.


Allan Percy
no livro Oscar Wilde para  inquietos
Ilustração: Annete Mangseth




Sobre as expectativas...



"Pare de procurar preencher as expectativas dos outros, e pare de esperar que os outros preencham as suas. Lembre-se: se você sofrer, você estará sofrendo por sua causa; se os outros sofrem, eles sofrem por causa deles. Ninguém sofre por causa dos outros – lembre-se disso profundamente. Somente então você será capaz de ser realmente sincero para com seu ser interior. "

Osho

Flor do dia...



"O movimento em direção ao outro requer humildade. É preciso admitir que você errou; que você é imperfeito. Requer abrir mão do jogo de acusações, no qual investimos tanto da nossa energia. É preciso abrir mão dessa tão poderosa arma, que é apontar o dedo para o outro e dizer que ele é o culpado pela sua infelicidade. Ou seja, trata-se de um movimento real em direção à união."

Sri Prem Baba




sábado, 25 de agosto de 2012

O homem que se ocupa do passado...

Uma tradicional narrativa zen conta que um homem certo dia caminhava pela selva quando deu de cara com um tigre feroz. Correu o máximo que pôde, mas logo chegou à beira de um precipício. Desesperado, escalou uma videira e ficou pendurado sobre o abismo. Enquanto estava suspenso ali, duas ratazanas apareceram e começaram a roer a árvore. De repente, o homem viu um cacho de uvas. Arrancou-as e as levou à boca. Eram as mais deliciosas que ele já provara na vida!

Essa fábula ilustra quanto é difícil nos atermos ao presente. Quem passa a vida remoendo erros do passado e projetando os medos e desejos em relação ao futuro acaba por descobrir, no leito de morte, que a única coisa que possuía eram os momentos que deixava fugir das mãos sem desfrutar.
Como Oscar Wilde, tenha consciência de que o passado pode nortear decisões extremamente importantes, desde que não se transforme numa sombra que obscureça o presente.


Allan Percy
no livro Oscar Wilde para  inquietos
Ilustração: Annete Mangseth


A impermanência...



"Se você sofre, não é porque as coisas são impermanentes. É porque você crê que as coisas são permanentes. Quando uma flor morre, não sofremos muito, porque entendemos que as flores são impermanentes. Mas você não pode aceitar a impermanência de uma pessoa amada, e sofre profundamente quando ela morre. Se você olhar a impermanência em profundidade, fará o melhor que puder para fazer essa pessoa feliz agora. Consciente da impermanência, você se torna positivo, amoroso e sábio. Impermanência é boa notícia. Sem impermanência nada seria possível. Com impermanência toda porta é aberta para a mudança. Em lugar de lastimar, deveríamos dizer: Longa vida para a impermanência. Impermanência é um instrumento para nossa liberação."

Thich Nhat Hanh


sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Dinheiro não traz felicidade, mas...

Álex rovira Celma, autor de Os sete poderes e coautor de boa sorte, costuma dizer que o dinheiro não corrompe uma pessoa, mas amplifica suas virtudes e seus defeitos. Uma pessoa de bom caráter que enriqueça ajudará o próximo, ao passo que uma pessoa sem escrúpulos canalizará o dinheiro para atividades destrutivas.

Em outras palavras: o dinheiro não é bom nem ruim. É apenas algo que podemos utilizar para o bem ou para o mal.

Seja como for, o dinheiro pode nos fazer enxergar nossas verdadeiras prioridades. Quando uma pessoa previdente recebe um montante inesperado, talvez o coloque em uma poupança.
Se for alguém que priorize os prazeres da vida, é possível que a soma extra seja empregada em uma viagem. Caso se trate de alguém que ponha a própria imagem em primeiro lugar, uma cirurgia plástica pode ser o destino provável do dinheiro. Uma pessoa acostumada a investir tentaria multiplicar o que recebeu.
Já quem se engaja em projetos beneficentes possivelmente irá destiná-lo a uma instituição de apoio aos menos favorecidos.

Resumindo: o que fazemos com o dinheiro reflete quem somos.

Allan Percy
no livro Oscar Wilde para  inquietos
Ilustração: Annete Mangseth

Um mundo mais feliz...



"Eu realmente acredito que os indivíduos podem fazer a diferença na sociedade. Na medida em que períodos de grandes transformações, como o presente, acontecem raramente na história, cabe a cada um de nós fazer o melhor uso de nosso tempo para ajudar a criar um mundo mais feliz."

Dalai Lama

Esse é o objetivo desse singelo bloguito! :)
Bom dia e Bom final de semana a todos!

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

O sofrimento que vem do apego...



"Todas as nossas misérias e sofrimentos não são nada mais do que apego. Toda a nossa ignorância e escuridão é uma estranha combinação de mil e um apegos. Nós estamos apegados a coisas que serão levadas no momento da morte, ou mesmo, talvez, antes.

Você pode estar muito apegado a dinheiro, mas você pode ir à bancarrota amanhã. Você pode estar muito apegado a seu poder e posição, mas eles são como bolhas de sabão. Hoje eles estão aqui; amanhã eles não deixarão nem um traço.

...Todas as nossas posições, todos os nossos poderes, nosso dinheiro, nosso prestígio, respeitabilidade são todos bolhas de sabão. Não fique apegado a bolhas de sabão; senão, você estará em contínua miséria e agonia.

...Compreender que a vida é feita da mesma matéria que os sonhos é a essência do caminho. Desapegue-se: viva no mundo, mas não seja do mundo. Viva no mundo, mas não permita que o mundo viva dentro de você. Lembre-se que ele é um belo sonho, porque tudo está mudando e desaparecendo.
Não se agarre a nada. Agarrar-se é a causa de sermos inconscientes.

Se você começar a se desprender, uma tremenda liberação de energia acontecerá dentro de você. A energia que estava envolvida no apego às coisas trará um novo amanhecer ao seu ser, uma nova luz, uma nova compreensão, um tremendo descarregar - nenhuma possibilidade para a miséria, a agonia, a angustia.

Ao contrário, quando todas essas coisas desaparecem, você se encontra sereno, calmo e tranqüilo, numa alegria sutil. Haverá um riso no seu ser.

...Se você se tornar desapegado, você será capaz de ver como as pessoas estão apegadas a coisas triviais, e quanto elas estão sofrendo por isso. E você rirá de si mesmo, porque você também estava no mesmo barco antes. O desapego é certamente a essência do caminho".

Osho, Bodhidharma, The Greatest Zen Master.



Flor do dia...



“Existe um alimento para a distorção do masculino (a agressividade): a submissão, que é a distorção do feminino. É quando o ódio contamina o amor e a virtude da aceitação através do vitimismo. A submissão é também uma estratégia para obter poder sobre o outro; é uma forma de acusar o outro, fazendo-o acreditar que é um tirano cruel. A vítima se alimenta dessa lamúria e também da culpa do outro, que por sua vez, recebe a culpa por acreditar ser o responsável pela infelicidade dela."

Sri Prem Baba

São dois lados da mesma moeda...

Se queremos avanços...



"Se queremos avanços na nossa vida temos que aceitar o NOVO, o não experimentado.
Se você se basear no que experimentou até hoje para definir o seu futuro, ele vai se repetir.
Cuidado para não estar sendo desatualizado.
Cada novo dia pode exigir uma nova postura."


Rosalia Schwark

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

A presença...




"Cada pensamento que formulamos produz uma vibração sutil específica. Quando você pronuncia mentalmente a palavra Deus e continua a repetir esse pensamento internamente, ele produz uma vibração que invoca a presença de Deus.”

Paramahansa Yogananda


O Aqui e o Agora...

"...A mente nada mais é que desejos. O coração não conhece desejos. Você ficará surpreso ao saber que todos os desejos pertencem à cabeça. O coração vive no presente, ele pulsa e bate no aqui e agora.

Ele nada conhece a respeito do passado e do futuro. Ele sempre está aqui e agora. E eu não estou falando a respeito de uma filosofia. Eu estou simplesmente declarando um fato tão simples que você pode observá-lo dentro de si mesmo: o seu coração está batendo agora. Ele não consegue bater no passado nem no futuro.

O coração conhece apenas o presente, por isto ele é completamente puro. Ele não está poluído pelas memórias do passado, pelos conhecimentos, pelas experiências passadas, por tudo que lhe foi dito e ensinado, pelas escrituras e pelas tradições. Ele nada sabe a respeito de todas estas tolices! Ele nada sabe a respeito do futuro, do amanhã. Para ele o passado não existe mais e o futuro ainda não existe. Ele está completamente aqui. Ele é imediato.

Mas a mente é exatamente o oposto do coração. Ela nunca está aqui e agora. Ou ela está pensando nas belas experiências do passado ou está desejando as mesmas belas experiências no futuro. Assim ela segue pulando entre o passado e o futuro.

Ela nunca pára no presente. Ela ignora completamente o presente. Para a mente, o presente não existe. Veja o ponto: o presente é a única coisa que existe, mas para a mente o presente é a única coisa que não existe. O passado é não-existencial, o futuro é não-existencial, mas para a mente essas são as únicas coisas existenciais.

...A mente é desejo e vocês continuam se enchendo de mais e mais desejos, mais e mais ambições, buscando poder, prestígio e riqueza. E se esqueceram completamente que existe um coração batendo dentro, o qual já vive em Deus, o qual já é parte da lei maior que já é parte da inesgotável e eterna lei. Vocês já estão ligados a Deus a partir de seus corações. Seus corações são raízes no solo de Deus. Seus corações ainda são alimentados por Deus, pela verdade.

Mas vocês não estão ali. Vocês deixaram o local vazio. Vocês vivem na cabeça. Vocês passam todos os dias em suas cabeças; nunca descem de lá. Mesmo durante a noite, enquanto dormem, vocês continuam com o barulho na cabeça... Sonhos, sonhos e mais sonhos. Durante o dia, pensamentos, e durante a noite, sonhos. Eles não são diferentes.


Osho - The Book of the Books.

Flor do dia...



Você está trabalhando para se tornar um canal do amor, que é um solvente para a dissolução de toda essa maldade e toda essa ilusão. Por isso, independentemente do que você esteja fazendo em uma grande cidade, estando conectado, você também é um agente curador. Um dos principais elementos de cura é a empatia; é se colocar no lugar do outro. Então, antes de julgar e condenar o outro, coloque-se no lugar dele e veja que ele não tem outra escolha a não ser competir, se proteger e atacar. Se você olha para o mundo através desses olhos, eu sinto que fica mais fácil aceitar os desígnios do karma de estar nesse lugar. Assim você pode iluminar a sua compreensão para perceber o porquê de estar ali.


Sri Prem Baba



terça-feira, 21 de agosto de 2012

Amor puro...


‎"O resultado do amor puro, verdadeiro, é sempre positivo.
Aqueles que têm esse tipo de amor nunca são influenciados negativamente por ninguém.
A habilidade deles de discernir nunca diminui.
Quando seu amor é puro, os outros sentirão que suas intenções são puras.
Haverá amor na sua visão.
E haverá gentileza no seu amor.
No amor puro sempre há gentileza."

Dadi Janki



Flor do dia...


“Somente o coração sabe o que é melhor para você; somente ele. Se você não pode ouvir o seu coração e está em dúvida, é melhor ficar quieto no seu canto até que possa ampliar a sua vibração a ponto de perceber a existência conversando com você. A existência fala através da sincronicidade, as coincidências misteriosas que estão sempre mostrando o próximo passo a ser tomado na nossa jornada evolutiva. Esteja atento aos sinais porque Deus fala dentro, mas também fala fora. Deus fala através da sua intuição, mas também conversa com você através da sincronicidade."

Sri Prem Baba


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...