Pesquise no blog:

Carregando...

Tradutor

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

A magia do Limão...e uma limpeza para o final de Ano!


Que o limão é bom para fazer uma refrescante limonada...isso todos sabem!
Sabemos também que ele é muito bom para a saúde! Tem várias matérias falando sobre isso. E poderia ficar horas aqui falando de todas as suas maravilhosas propriedades.

Mas...
Que o Limão tem poderes mágicos...isso muita gente não sabe!


O limão é usado para limpeza energética dos ambientes pois ele tem o poder de “apagar” registros, segundo a consultora de Feng Shui Liana Oliver.

E o que são esses registros?
São energias dos moradores que impregnam o ambiente onde vivem.

Pois bem, o limão com  sua energia purificadora tem o poder de apagar, eliminar, derreter essas energias que ficam nos ambientes. 


E hoje, dia 31 de dezembro, é um dia ideal para fazer essa limpeza energética hã! 

Saliento que essa limpeza pode ser feita em qualquer dia do ano, sempre que você sentir necessidade.
Essa limpeza é ideal para as seguintes situações:

  • Para a clássica limpeza de Final de Ano;
  • Para mudanças de casa ( quando havia antigos moradores.);
  • Para limpar o ambiente depois de discussões;
  • Para limpar o quarto de uma pessoa que ficou doente e de cama.
  • Para limpar objetos de pessoas falecidas.
E como fazer?
  • 1 copo de água mineral
  • 9 pedaços da casca de 1 limão
  • 1 borrifador
Deixe as cascas de molho, o ideal é de um dia para o outro...mas se não for possível, deixe por algumas horas. Depois é só colocar a água com o sumo no borrifador (as cascas podem ser jogadas no lixo)
E começar a limpeza!

Limpeza  Energética da casa para o Final de Ano!

Bom, vou dar as dicas de como eu faço a limpeza...hã?!

1º  Faça uma faxina básica: deixe tudo limpo, perfumado e organizado.
2º  Borrife toda a casa com a “água com sumo de limão”, começando pela porta de entrada ( ao fazer esta limpeza imagine essa água como um ácido que derrete as energias densas e deixando tudo limpinho)
3º Em 1 jarra com água esprema o suco de 1 limão.  Jogue um pouco dessa mistura em todos os “buracos” da casa, como pias, ralos e privadas.
4º Para finalizar, acenda um incenso de sua preferência, para perfumar o ambiente a atrair boas energias!

E pronto...sua casa está zerada, limpinha e perfumada para a entrada do Ano Novo!
Agora é só tomar um banho energético ou com sal grosso. :)


Sei que todos pedem que o Ano Novo traga muita saúde, amor e dinheiro...
Eu peço diferente...

Que o Ano Novo traga oportunidades para que possamos "nos amar mais"...para naturalmente atrair amor!
Que o Ano Novo traga oportunidades de "nos valorizarmos mais"...para que possamos naturalmente atrair dinheiro!
Que o Ano Novo traga oportunidades para que tenhamos "pensamentos saudáveis"...para que naturalmente possamos atrair muita...mas muita saúde!

E que assim seja!

Bem Vindo 2014! 
Feliz ano Novo para todos nós! o/

imagens: google

Resultado do Sorteio!


Que rufem os tambores! Uhuuuuuuuu!

O ganhador do Sorteio de Aniversário do Blog é...

nº 47 
Vanessa Candido

Clique aqui para ver a imagem

Parabéns Vanessa!
Em breve entrarei em contato, para combinarmos a entrega do prêmio! :)

Quero agradecer a todos que participaram do Sorteio!
Quero agradecer o carinho, as gentilezas e as delicadezas das mensagens!
Sou uma blogueira de sorte...tenho os leitores muito...muito especiais!


Feliz 2014 a cada um de vocês!
Sintam-se abraçados, com todo o meu carinho!

imagemdaqui

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

As respostas se encontram no cão















Todo o conhecimento,todas as perguntas e todas as respostas se encontram no cão. 

QUE KAFKA QUERIA DIZER com essa reflexão?
Ninguém pode saber exatamente. No entanto,não há dúvida de que o cão, além de companheiro inseparável do ser humano, ensina virtudes que muitos deixaram de cultivar:

Lealdade: Não devemos ser leais só a uma pessoa ou a uma ideologia – é igualmente importante sermos leais a nós mesmos.
Carinho: Precisamos expressar abertamente o que sentimos pelos outros.
Coragem: A arte de dominar o medo, principalmente quando se trata de defender os entes queridos.
Alegria: Nós, seres humanos, deveríamos “abanar o rabo” mais vezes diante dos prazeres da vida cotidiana.
Honestidade: Um cão é um ser em que se pode confiar: sabemos que estará ali quando necessitarmos dele, imune ao cansaço e à decepção.

Devemos aprender com os cães tudo o que esquecemos no caminho, para voltar a ser humanos.

Allan Percy
do livro Kafka para Sobrecarregados- pg 18



domingo, 29 de dezembro de 2013

Ainda há tempo...


Olá amigos!

Últimos dias para o Sorteio de Aniversário do blog Passarinhos no Telhado!
Quem ainda não participou...ainda há tempo!


O Sorteio será dia 31/12/2013 às 12hs usando o método Random.

Para concorrer basta:

1. Ser Seguidor do blog;
2. Deixar dados para o contato, como ( nome, e-mail e cidade) nos comentários do post do sorteio.

Saliento que...

Algumas pessoas deixaram comentários, mas não deixaram os dados para o contato, conforme as regras. Quem não deixar esses dados até o dia 31/12  , infelizmente, não estará participando!


Boa Sorte! :)




sábado, 28 de dezembro de 2013

Nove dicas valiosas para um 2014 de muita paz...


Paz interior é o que todos nós buscamos. Essa busca é que o está por trás de todas as outras coisas que queremos. Queremos prosperar para sentir segurança e assim nos sentirmos em paz. Queremos ter um relacionamento a dois estável, para termos conforto, apoio e segurança; assim, podemos ficar mais em paz... No fundo, tudo acaba se resumindo a uma busca por paz interior.
Vou dar, então, alguma dicas valiosas para aumentar a paz interior. Muitas dessas dicas todo mundo já sabe, embora a maioria não consiga praticar. Isso também serve pra mim... Então, vamos lá.

1 – Pratique a aceitação...

Aceitar significa parar de brigar interiormente com a realidade. Quando algo já aconteceu ou está acontecendo neste exato momento, de nada adianta ir contra a realidade. Aceitar significa permitir que a realidade exista sem entrar em conflito com ela, por que mesmo que você entre em conflito, o que já foi, já foi. E o que é, continuará sendo, mesmo contra a sua vontade. Mesmo que você internamente esteja brigando com a realidade, não permitindo ou não querendo que ela exista, ela está lá do mesmo jeito.

Aceitação é diferente de conformismo ou falta de ação. Se estiver ao seu alcance fazer algo para melhorar a realidade, faça. Mas é bem melhor pra você agir no estado de paz. Sua ação será mais eficiente e não haverá sofrimento no seu interior. E se não for possível fazer nada, apenas aceite que é assim que é. Nenhum desconforto interno mudará a realidade ou trará qualquer benefício pra você.

2 – Pare de julgar outras pessoas...

No momento que começamos a julgar alguém, temos uma sensação de superioridade. É um processo automático e inconsciente que serve para encobrirmos nossas inferioridades. Mas se você perceber lá no fundo, existe um desconforto quando julgamos alguém. Não é algo agradável de se sentir. Você prefere se sentir em paz, ou se sentir superior? Você prefere se sentir em paz ou ficar com raiva ou revoltado com alguém?

3 - Pare de julgar a si mesmo... 

À medida que nos desenvolvemos emocionalmente desde a infância, recebemos vários tipos de críticas. Essas críticas mexem com nosso amor próprio. De forma inconsciente, aprendemos que não somos dignos de receber amor e que não devemos ser bons com nós mesmos. Interpretamos que temos algo de errado e que a forma de corrigir isso é através da crítica.
Depois nos tornamos adultos e mesmo que não tenha mais alguém nos criticando diretamente, desenvolvemos um juiz interior severo que faz o papel do crítico interno julgador. Quando você era uma criança, esse juiz não existia. Ele é a energia acumulada das críticas que recebemos, dos sentimentos de que não somos bons o suficiente e que temos algo de errado. É também a raiva acumulada de si mesmo. Seja mais paciente, gentil consigo mesmo. Criticar a si mesmo não tem tido o efeito de provocar mudanças; tem apenas lhe causado sofrimento e deterioração da sua autoestima.

4 – Pratique o perdão...

Primeiro entenda o que é perdoar. Perdoar significa apenas liberar mágoas, ressentimentos, raiva, revolta e eliminar completamente o sentimento de vitimização. Perdoar não significa concordar ou aprovar o que alguém fez. Perdoar também não significa que você tenha que conviver com uma determinada pessoa que é potencialmente perigosa pra você. Manter relacionamentos com pessoas que nos prejudicam é sinal de baixa autoestima, falta de amor próprio. Você pode perdoar e se afastar ao mesmo tempo. Perdoar é voltar a ficar em paz. É poder lembrar das coisas que aconteceram sem sofrimento algum. O sentimento é curado, o que fica é apenas o aprendizado das experiências.

5 – Viva o momento presente... 

Viver o momento presente significa dar mais importância e atenção ao que estamos fazendo agora, do que a situações futuras ou situações que já foram. Na verdade, só existe o presente. Passado e futuro são apenas projeções mentais, são pensamentos. Pensar no futuro ou no passado deveria servir apenas como uma consulta mental rápida e esporádica e logo deveríamos voltar ao presente (aliás, nunca saímos dele).
Remoer o passado é uma forma de não viver o presente. Preocupar-se é uma forma de viver no futuro, especulando o que será (de maneira negativa). Quando saímos do momento presente, a ansiedade aumenta e perdemos a paz interior. Nosso foco deve ser sempre o momento presente, só que a nossa mente tende a inverter as prioridades e foca mais no passado e no futuro, causando-nos sofrimento.

6 – Pare de querer entender tudo...

 A realidade é muito mais complexa do que a nossa mente é capaz de entender e do que temos condição de enxergar. Pra tudo que acontece existe uma rede de acontecimentos passados e condições que acabaram dando origem ao que acontece agora. Vemos apenas fragmentos da realidade.
Quando você vê um comportamento negativo de alguém, você está apenas enxergando um pequeno fragmento da realidade. Por trás daquele comportamento, existem uma série de fatos, experiências vividas e coisas que vem de gerações passadas que foram herdadas por aquela pessoa, que acabaram dando origem àquele tipo de comportamento que você vê agora. Nem você sabe por que você agiu da forma que agiu em muitas situações onde fez escolhas e tomou atitudes que não foram as melhores. A mente quer entender tudo, como se ela fosse finalmente ficar em paz ao entender. Só que em muitos casos podemos até ter uma compreensão racional, mas mesmo assim a paz não vem. Então, permita-se ficar em paz, mesmo quando você não tiver a capacidade de entender a realidade.

7 – Adote o hábito de agradecer...

Adote o hábito de agradecer pelas coisas boas e abandone o hábito de reclamar do que que quer que seja. Agradeça as pequenas coisas. Não é necessário nada de extraordinário pra que você sinta gratidão. A reclamação é algo que nos tira a paz de forma instantânea. Enquanto que a gratidão nos coloca em um estado de paz e alegria instantaneamente.

8 – Afasta-se dos noticiários. 

Eles vêm carregados de péssimas notícias e a maioria delas não fará a menor diferença a na sua vida, trazem apenas mal-estar. É esse mal-estar que a consciência coletiva hoje deseja ampliar, a maioria está nessa sintonia. Mas você pode sair dela e ajudar a consciência coletiva a ficar mais saudável. Hoje eu estava na esteira da academia e tinha uma televisão ligada na esteira ao lado em um canal de notícias. Não tive como não ouvir e ver as imagens. Mortes por acidente de carro, uma briga selvagem entre torcidas e muitas outras coisas... foi impossível não me sentir mal com aquilo.

9 – Busque autoconhecimento sempre. 

O autoconhecimento é a chave para o crescimento e desenvolvimento do ser humano em todas as áreas, seja na vida pessoa, profissional, relacionamentos e na saúde física. É a chave para encontrar paz interior, alegria e prosperidade. Essa é uma prioridade na minha vida e recomendo que seja também na sua. Livros, cursos, treinamentos, terapias, meditação... tudo isso nos ajuda a crescer e encontrar paz interior. Por isso, continue firme nessa jornada.

Feliz 2014!

Bom Final de semana! :)


André Lima - EFT

Leia mais sobre EFT  AQUI


sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Me ensina a esquecer...





Aprender a esquecer talvez seja o mais importante da vida, porque a vida é feita de perdas...






Meu filho já deveria ter largado o bico. Seis anos de idade, francamente...
Ele sabe disso, tanto que, neste ano, decidiu que entregaria o bico para o Papai Noel. Desde novembro vem falando:
– No Natal, vou dar o bico para o Papai Noel. Eu vou.

Bem. Contratei um Papai Noel. Um ótimo Papai Noel. Eu mesmo quase acreditei que fosse o próprio, vindo direto do Polo Norte com seu trenó voador. Quando ele chegou à porta, batendo sino, meu guri saiu correndo pela casa:
– O bico! Tenho que achar o bico!
De fato, mal o Papai Noel entrou, ele lhe estendeu o bico:
– Ó.
Depois, encheu o Papai Noel de perguntas. Sobre o clima da Lapônia, sobre a velocidade das renas, sobre o salário dos duendes que trabalham na fábrica de brinquedos. A festa prosseguiu, depois que o Papai Noel se foi, e o meu guri se distraiu com os brinquedos novos, sobretudo com um mínion, ele adora os mínions. Então, chegou a hora de dormir. A hora do bico. Nesse momento, acometeu-o uma violenta síndrome de abstinência.
– O bico! – implorava, aos prantos. – Quero o bico! Liga pro Papai Noel! Liga pro celular dele!
Tentei consolá-lo sugerindo que pensasse nos brinquedos que havia recebido. 
Que tentasse esquecer do bico.
– Mas eu não consigo esquecer! – Ele gritava.
– Não consigo esquecer! – E, olhando para mim com os olhos rasos 
d’água, pediu:
– Pai, me ensina a esquecer! Me ensina a esquecer.
Suspirei.
Disse que ia tentar. Que aprender a esquecer talvez seja o mais importante da vida, porque a vida é feita de perdas. Que, às vezes, é fundamental deixar de lutar, aceitar a derrota e seguir em frente, porque lá adiante tudo será novo e diferente e, decerto, melhor.
– Em certas ocasiões, a gente tem que desistir, meu filho. Simplesmente desistir. Porque, depois que a gente desiste, começa a esquecer, e vai esquecendo, vai esquecendo, até que um dia aquilo não faz mais falta e a gente olha e nem quer mais.
Ele esfregou os olhos. Aprumou-se na cama:
– Eu vou desistir do bico, pai.
– Isso. Isso...
– Porque é bom esquecer.
Eis a verdade. É bom esquecer.

David Coimbra
Na sua coluna no jornal ZH dia 27/12/2013
imagem google

Torne a vida mais leve...


"Torne a vida mais leve, e acredite que, quando você irradia a paz verdadeira em suas palavras, pensamentos e atitudes, todos ao redor estarão captando sua mensagem e retribuirão com a mesma intensidade." 

Cris Cairo
imagemdaqui

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

O Ano pessoal e o significado...


Muitos amigos virtuais me sugeriram falar um pouco mais sobre os ciclos anuais e suas influências. Então vamos lá. 

Todos temos ciclos de 9 anos que trazem as oportunidades sobre um ou mais assuntos. Primeiro precisamos saber em que ano pessoal você se encontra. 

É simples. Basta somar seu dia e mês de nascimento com o ano em curso e reduzir a um algarismo.

Ex: 24.06.2013 = 2+4+0+6+2+0+1+3= 18  1+8= 9

A pessoa nascida nesta data (24.06), em 2013, estará no seu ano pessoal 9

Ou seja...em 2014, depois do seu aniversário...estará começando um novo ciclo...

2+4+0+6+2+0+1+4= 19  1+9= 10...será seu ano 1

Já que achamos o seu ano pessoal, passemos ao significado de todos eles:

O ANO PESSOAL 1 tem como característica o recomeço. É o início de um novo ciclo de 9 anos e aconselha a manter seus pensamentos no futuro e naquilo que quer realizar nos próximos anos. Precisa ser original e ativar seus planos, seus ideais ou suas mudanças. O ano 1 lhe dá a oportunidade de estabelecer o seu rumo e escolher a orientação que você quer tomar. Como é você que dirige o seu filme, portanto a sua realidade, planeje bem e cuidado com que pensa. 

O ANO PESSOAL 2 é de cooperação e paciência. É um ano para as sociedades e para compartilhar. 
Fazer novos amigos, ser solidário(a), receptivo(a) e calmo(a). É a chance de casamento, mas também dos rompimentos de sociedades e divórcio. Acontecem muitos nascimentos nesse período.

O ANO PESSOAL 3 é o momento de mostrar a sua criatividade através das palavras: escrever, dar aulas, representar ou cantar. O 3 é o ano para as atividades sociais agradáveis. Viajar, se divertir, ou os dois, pode escolher. Deverá ser fiel as metas que estabeleceu no ano pessoal 1. Alguns resultados podem aparecer agora. É um ano para trabalhar com a intuição, imaginação e criatividade nos negócios ou em outros projetos que interessem, podendo ter ganhos financeiros. 

O ANO PESSOAL 4 está voltado para as oportunidades que virão através do trabalho. É o ano da prática, da ordem, da serenidade e da paciência. Não é tempo de prazer pessoal ou de preguiça. Você vai realizar muitas coisas, mas o trabalho duro, o bom senso e a organização são essenciais. Examine a sua situação pessoal e profissional. Repare erros aprendendo com eles, assim fortalecer o futuro.
Faça o seu check-up: É o ano para examinar documentos e fazer as atualizações e modificações necessárias. 

O ANO PESSOAL 5 são as mudanças. É o ano de novos lugares, novos rostos, novas idéias, novas ocupações. Talvez mude de casa. A mudança abrirá caminho para o crescimento e novas oportunidades. É hora de abrir mão do que é velho ou inútil para que haja espaço para o novo. Acrescente variedade e versatilidade a seus interesses pessoais e profissionais. 

O ANO PESSOAL 6 é o da responsabilidade. O lar, a família e a comunidade são agora obrigações suas. Este é um ano para servir aos outros. Se transformar esses esforços em algo interessante para você e os outros, vai encontrar amor, amigos, calor e contentamento. Se pensar só em si e em ganhos pessoais, vai ter frustrações e se arrepender depois. As bênçãos espirituais e as recompensas financeiras fazem deste ano um sucesso. Pode ser um ano para o casamento, os filhos, a família e reuniões. 

O ANO PESSOAL 7 são as vibrações do conhecimento e da sabedoria. É um período para descansar, cuidar da saúde e melhorar intelectualmente. Ficará mais só, mas isso lhe dará a tranqüilidade que precisa na busca de novos conhecimentos para seus interesses ou talentos especiais. 

O ANO PESSOAL 8 são as vibrações das conquistas e realizações. As oportunidades para o progresso virão até você, se tiver planejado, organizado, administrado com eficiência e trabalhado duro no passado para atingir as suas metas. A administração do dinheiro é essencial, pois pode ser um ano de muitas despesas. Às vezes, é preciso dinheiro para fazer dinheiro. Seja qual for a sua área de trabalho, agora é época de levar adiante algumas idéias e sonhos no sentido de fazer melhorias e atingir o sucesso. Este é um ano para a ação. 

O ANO PESSOAL 9 traz FINALIZAÇÃO. É hora de resolver todas as situações pendentes, é a faxina geral e também abrir caminho para um novo ciclo que começa no ano seguinte. Você está fechando um ciclo que começou há nove anos. Se foi fiel aos seus planos e sonhos, verá agora os frutos do seu trabalho. Todas as coisas boas que tiver conquistado serão aproveitadas no próximo ciclo. Quando fará planos para ampliar, expandir, remodelar ou reinvestir. 


Todos esses anos são importantes para um crescimento equilibrado. Mas é sempre bom lembrar que a nossa realidade é construída pelo nosso sistema de crenças. De nada adianta estar num ano pessoal favorável e nada fazer. Então mãos à obra! Faça as suas contas e aproveite os ares de seu ano pessoal!  

Vera Ghimel 
Fonte: STUM

O sobrenatural e o real...


Há algum tempo venho pensando na função das religiões, e a cada reflexão me convenço de que não precisamos de templos, rituais, mandamentos, pecados, penitências e de intermediários falando em nome dos deuses – e nem de deuses precisamos. É tudo opcional. O que precisamos está dentro de nós.


Templos são belos e podem ser úteis na busca por sossego espiritual, já que costumam ser silenciosos (a natureza também pode cumprir essa função, diga-se). Rituais são igualmente belos e podem confirmar nossas melhores intenções perante a vida (mas sem plateia também podemos confirmá-las, você sabe). Pecados e penitências, eu pulo. São manipulações que só servem para gerar culpa. Intermediários? É bonito contar com a figura de um pai, seja real ou simbólico, e nesse sentido a figura do Papa, de um Buda, de um monge ou de qualquer pessoa de carne e osso com um projeto pacificador pode cumprir a função de extrair de nós a humildade necessária para não virarmos uns tiranos. Quanto aos mandamentos, bastaria um só, um único, que, se fosse obedecido, solucionaria boa parte dos problemas do mundo: “Não faça aos outros o que não gostaria que fizessem a ti”. Há muitas versões da mesma frase, mas essa vem sem metáfora, desembalada e pronta para usar.

Já pensou se ela fosse aplicada na política? No universo corporativo? Eu sei, é utopia demais, mas se fosse aplicada ao menos nas nossas relações cotidianas, já faríamos uma revolução.

Pena que ela apresente uma solução simples, e as pessoas rechaçam o simples. O simples não gera comoção, não dá pauta, não é suficientemente bombástico. A encrenca, a dificuldade, o jogo de poder, a competitividade, a vingança, isso tudo, sim, torna a vida menos monótona. Se as coisas derem certo, qual é a graça? Do que iremos nos queixar?

Eu, que adoro uma vida mansa, sou totalmente partidária do simples, do óbvio, do fácil, do comum – dentro do que ambiciono, eles me servem muito bem. Minha religiosidade é desenvolvida através de valores que não dependem de representatividade formal, constituída e sacra. Gentileza, tolerância, respeito, elegância moral (ouvi essa expressão outro dia e adotei), honestidade, paciência, troca, afetividade e desapego de mágoas e rancores: disso tudo provém a verdadeira espiritualidade transmitida de pai para filho, de avós para netos, de amigos para amigos, sem necessidade de carteirinha de adesão a qualquer igreja.

Neste Natal (e amanhã, e depois de amanhã...), reze, é um conforto para a alma. Ou não reze, se não possui o hábito. Não vai fazer diferença nenhuma para o mundo. O que faz diferença para o mundo é como você se comporta com os outros, não com Deus. Deus, muitas vezes, serve apenas para transferir responsabilidades. Assuma a sua, e amém: estaremos todos em paz.

Martha Medeiros
na sua coluna do Jornal ZH do dia 25/12/2013


É...faz refletir...

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Agradecimentos, doçuras e um Feliz Natal...


Quem são os leitores  mais queridos e simpáticos que existem? hã???
São os leitores do blog passarinhos no Telhado!!!! :)
E a esses queridos amigos...eu não poderia deixar de dar aquele abraço natalino...e agradecer, de coração, as visitas, o carinho e as gentilezas que recebo neste espaço que é a extensão do meu lar.
Sintam-se sempre bem vindos!!! Sempre!
Espero que em 2014 as suas visitas sejam mais frequentes ainda!
E que possamos, juntos, caminhar em busca do autoconhecimento...nos tornando pessoas melhores a cada dia! Espero mesmo!!!

E para adoçar este momento quero compartilhar com vocês uma deliciosa receita...
Fácil, perfumada...e deliciosa!

Chama-se Pavê Natalino...


Ingredientes:
  •  1 panetone de frutas 
Creme:
  • 200ml de suco de maracujá 
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 lata de creme de leite com soro
Cobertura:
  • 1 tablete de chocolate meio amargo
  • 1 lata de creme de leite 

Olha só que fácil o Modo do preparo...

  1. Corte em cubos o panetone e reserve
  2. Bata no liquidificador o leite condensado com o suco de maracujá e o creme de leite
  3. Em um refratário ou taças individuais distribua cubos de panetone, metade do creme, cubos de panetone novamente e o creme restante e reserve.
  4. Em um recipiente, pique o chocolate e leve ao micro-ondas até o chocolate derreter completamente.
  5. Neste chocolate, misture o creme de leite, até virar um creme.
  6. Deixe esfriar e espalhe delicadamente sobre o pavê
  7. Decore como quiser, eu decorei com cerejas e chocolate granulado...
  8. Leve para gelar por no mínimo 6 horas...
E pronto! Agora é só se deliciar...ao som de músicas natalinas e muito hohohoho....

Feliz Natal! 

E que o enfeite mais brilhante da casa, seja nosso coração cheio de gratidão!
E nosso melhor presente...seja a ternura!

Beijos Natalinos!

domingo, 22 de dezembro de 2013

A Era das Multitarefas...

 
Hoje, as pessoas não conseguem sequer andar pela rua sem fazer algo mais ao mesmo tempo, como falar ao celular, enviar um e-mail ou ler um livro. Elas já não se encontram apenas para almoçar juntas, mas aproveitam a ocasião para discutir assuntos financeiros ou fazer negócios. Quando nosso companheiro de mesa vai ao banheiro, imediatamente nos pomos a checar novas mensagens no celular em vez de permanecermos sentados por alguns minutos, gozando o fato de não ter nada a fazer.

Espero que você descubra que é possível simplificar as coisas um pouco e prestar mais atenção ao que esteja fazendo, em vez de buscar sempre uma nova distração. Se você está tomando o café da manhã, usufrua esse momento e deguste cada bocado; é uma oportunidade excelente para refletir e gerar um senso de propósito descontraído, mas dinâmico, para o seu dia. Se você está redigindo um relatório no trabalho, esqueça as outras preocupações para se concentrar inteiramente no que faz. É fácil iniciar dez coisas ao mesmo tempo, mas, sem concentração, você não concluirá bem sequer uma delas. 

Com concentração e atenção, você não apenas terá mais detalhes a apreciar durante o dia, mas também descobrirá que o tempo se dilatou, em lugar de fazê-lo sentir-se acuado, sempre com pressa ou em pânico. Quando você se concentra numa única coisa por vez, acaba fazendo muitas e as minúcias irrelevantes da vida vão aos poucos ocupando menos espaço porque, então, você tem consciência do que verdadeiramente importa.

Extraído de “Iluminação Diária" de  Gyalwang Drukpa
Fonte: Almanaque do pensamento 102º Ano
imagem: Delirium


sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

A cor de 2014!


Lilás é a cor de 2014...
Ano de renovação das energias!

Mistura do azul e vermelho propicia a reflexão profunda e transformação do corpo e mente.
Se você vem enfrentando turbulências na vida pessoal ou profissional, com muitos assuntos inacabados e dificuldade em seguir em frente e evoluir, 2014 pode ser o ano em que todos esses conflitos se acertam. Segundo a numeróloga Aparecida Liberato, o próximo ano será regido pelo lilás, cor que propicia a reflexão sobre tudo aquilo que vem sido feito nos últimos anos, o aumento da intuição e a transformação para o melhor.

O lilás é obtido por meio da mistura do vermelho com o azul, sendo que este último está em maior quantidade. Na serenidade do azul, a ação do vermelho se desenrola. Assim, o lilás traz uma atmosfera de tranquilidade, permitindo a reflexão, e também de transformação de si mesmo e do mundo”, explica a numeróloga.

Características do lilás:

Elevação espiritual e renovação de energias.
A cor é muito usada em ambientes de oração, meditação e outros lugares onde sejam necessárias a sensibilidade e a elevação espiritual. Segundo explica Aparecida, ela é capaz de purificar o corpo e a mente, além de renovar as energias e abrir os caminhos para o melhor. “É uma cor utilizada na invocação da chama violeta de Saint Germain para transmutar o mal em luz”, afirma a esotérica.

Poder de transformação

O lilás pede atitude serena e respeitosa e, desta forma, é capaz de aumentar a intuição e promover a profunda reflexão. Por isso, ela causa a transformação tanto do corpo como da mente. “Como a cor é transformadora, existe toda uma devoção no sentido que ela transforme não só a cada pessoa, mas também o mundo".

Aparecida Liberato
Fonte: Bolsa de Mulher

---------------------------------------

Sei que tem pessoas que acham bobagem...mas eu gosto de saber a cor do ano que se aproxima!
Gosto de mentalizar a cor, nos meus rituais de final de ano...
Sinceramente, acredito que vestir a roupa com a tal cor  não vai fazer diferença nenhuma...
Mas vestir-se energeticamente com a cor...ahhh daí sim!
Convido a fazer um pequeno ritual neste final de Ano...independente das suas crenças religiosas. 
No dia 31, tome um banho ( normal e/ou energético)...
E depois do banho, mentalize a cor lilás...
Imagine-se dentro de uma fogueira lilás...
E essa fogueira queimando toda a negatividade que te rodeia...toda a raiva, mágoa, tristeza, fracassos...
Sinta  a alma revigorada e leve!
E agora é só festejar o Ano Novo!
E se puder ser em boa companhia...melhor ainda!


Feliz 2014! :)



quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Escapismo...


A vida precisa ser entendida como uma oportunidade para tornar-se mais consciente, mais cristalizado, mais centrado e enraizado. Se você foge, é como se uma semente fugisse do solo e se escondesse em uma caverna segura, onde não há solo, apenas pedras. A semente esta segura. No solo, a semente precisa morrer, desaparecer. Quando a semente desaparece, a planta brota. É então que os perigos começam. Para a semente não havia perigo: nenhum animal a teria comido, nenhuma criança teria partido. Agora há uma bela haste verdejante, e todo mundo parece estar contra ela: o vento vem e tenta desenraizá-la, as nuvens e os trovoes surgem, e a pequena semente tem que lutar sozinha contra todos. Há crianças, animais e jardineiros, portanto milhões de problemas a serem enfrentados. A semente estava vivendo confortavelmente, em paz: nenhum vento, nenhum solo, nenhum animal, - essas coisas não eram problemas. Estava completamente fechada em si mesma: a semente estava protegida, segura. Se você for morar em uma caverna no Himalaia, você irá se tornar a semente. Não florescerá. Os ventos não estão contra você: eles lhe dão uma oportunidade, apresentam um desafio, permitem que você aprofunde suas raízes. Dizem a você que defenda o seu terreno e brigue por ele. Isso tornará você mais forte.

Osho
imagemdaqui


quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Flor do dia


“Estar nesse lugar onde você se vê sem saída; onde experiencia a desconstrução o tempo todo e, mesmo usando todas as forças disponíveis, você não consegue sair do lugar, significa que você está renascendo. Há uma parte de você morrendo. Você terá que aprender a lidar com essa situação até que o novo possa surgir, até que você possa compreender o que, de fato, é preciso ser transformado na sua vida; aquilo que precisa ser removido para dar espaço para o novo que está querendo vir.” 

Sri Prem Baba
imagemdaqui


Pequenos Prazeres


Pequeno prazer de hoje:  ver um passarinho tomar banho...

Um encanto só...
:)

Para segurar as mãos de Deus...


"Para segurar as mãos de Deus
 é preciso abrir as suas..."


Maria Silvia Orlovas
imagemdaqui


E assim é...

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Com a casa vestida de Natal...


Ufa! 
Finalmente consegui deixar a minha casa vestida de Natal...
Depois de uma pequena reforma...finalmente minha sala está pronta e a altura para esperar o velho Noel.
O que será que ele vai me trazer hem?

Em outros tempos eu teria uma lista com coisinhas mundanas para pedir.
Mas 2013 foi tão generoso comigo...que darei uma folga para o Sr Noel.
Não preciso de nada...nadinha!
Apenas que as coisas continuem como estão...apensar de saber que a vida é uma constante mudança.

Para quem não sabe, este ano eu tive o meu bebê....um pequeno colibri sorridente que já está com 4 dentes! :)
Como qualquer mulher, enlouquecida com a bomba de hormônios que meu corpo estava produzindo, passei por poucas e boas que vocês nem imaginam...

Chorava até com comercial de margarina...
Meu bebê que não queria virar ( tive um bebê pélvico)...
Os medos mais absurdos passaram por mim e assopravam no meu ouvido...
As vezes esses medos eram tão reais, que sentia a sua capa gelada tentando me cobrir...nossa... que luta foi para me manter aquecida, com o olhar voltado pro sol...

Mas Deus foi tão bom e maravilhoso...que deu tudo certo...certíssimo até!
Graças a Deus, ele colocou as pessoas certas no meu caminho para me dar o apoio que precisava...e como!
Aprendi tanta coisa com essa experiência...tanta...

Aprendi o quanto somos pequenos e frágeis diante da imensidão da vida! 
Deus nos carrega nas mãos... e nos coloca em seu colo quando preciso for. Não controlamos nada! 

Outra grande  lição que aprendi  foi em ser humilde e pedir ajuda. 
Sim... precisamos de ajuda em momentos de fragilidade! Por mais auto suficientes que nos julgamos ser, diante de certas situações caímos na real...e vemos que precisamos dos outros para nos apoiar. E não adianta...esses momentos sempre chegam, mais cedo ou mais tarde.

Sou grata a cada um que me estendeu a mão..gratidão eterna!

Então amigos, diante de um ano rico de aprendizado...o que pedir para o Papai Noel? hã?
Dou uma folga para ele...pode pular essa casa, cheia de passarinhos no telhado.
O meu presente já ganhei...e está ali...sorrindo para mim com seus 4 dentes :)

Beijos Natalinos...





Lembre-se: para copiar o código é só marcar
com o botão esquerdo do mouse e usar as teclas
Ctrl+C para copiar.

Obs: É criação minha! Não altere nada se for leva-lo. Obrigada!

O que é Compaixão?


COMPAIXÃO...
É quando a gente vê que alguém está sofrendo, mas não sente pena porque entende que ele vai aprender muito com isso. Então a gente se senta do lado dele e ajuda ele a entender o que foi que fez ele chorar. 

"Permita que sua compaixão alivie o sofrimento do outro.''

Do livro Palavra de Criança
Patricia Gebrim
imagemdaqui

O que Buda faria com um jovem transviado?


"O canibal perguntou: "Como vou renunciar àquilo que me fez abrir mão da realeza, suportar o deserto, violar a lei e arruinar a minha reputação?" Mas o bodhisattva respondeu: "São exatamente esses os motivos pelos quais deves renunciar."  ]atakamala 31.85

Esse diálogo não é ao mesmo tempo ridículo e comovente? Você deve imaginar que, afinal, o bodhisattva há de ter razão - mas juro que eu simpatizo com o canibal ou com o jovem transviado. Não que essas escolhas me tentem (eu gosto de experimentar pratos novos, mas ... );a verdade é que eu compreendo profundamente o nosso desejo de ser fiéis a uma escolha importante, sobretudo se pagamos um alto preço por ela. O canibal abriu mão de tudo para ser canibal; agora, Buda lhe pede para abrir mão até disso.
É querer demais!
Afinal de contas, Buda tem razão. Nem tudo vale o preço que pagamos, mesmo que esse preço já tenha sido pago. Pouco importa o quanto nos fortalecemos por carregar os nossos fardos, continuamos sendo inteligentes para nos livrarmos de alguns. Na história, Buda leva o canibal a mudar de ideia, e este fica agradecido. Nós também devemos nos empenhar em levar aqueles que seguem o mau caminho a mudar de ideia .

Franz Metcalf

No livro - O que Buda Faria - pg83


segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Para que haja disciplina mental...



"Estou tentando alertar, pelo menos meus leitores que, para que haja disciplina mental, é necessário desconsiderar certas reportagens que sugestionam negativamente o subconsciente de quem os assiste com frequência. O poder da imprensa falada e escrita tem forte impacto sobre a nossa mente inconsciente e mesmo que alguém 'esperto' diga que não está se influenciando por certos programas, ele nem imagina o quanto seu subconsciente está registrando essas informações que o manipulam de uma forma subliminar. Com certeza, pessoas que assistem a programas de violências, de mortes constantes, doenças "incuráveis", simulações de crimes reais, novelas trágicas, agressões e lamúrias, não são pessoas que conseguem praticar yôga, meditação, relaxamento e muito menos disciplina mental para sua mudança comportamental, pois é evidente que carregam em seus corações as mesmas vibrações que os programas que assistem com frequência."

Cristina Cairo
imagemgoogle

Existe algo dentro de nós que acredita que se tomarmos conhecimento das tragédias do mundo, de certa forma, estaremos nos protegendo das mesmas. 
Mas será que se entrarmos na mesma sintonia, isso não nos deixaria mais vulneráveis? hã?
A ideia não é manter-se alienado...muitas vezes é inevitável tomar conhecimento sobre algumas coisas. Mas é fazer escolhas mais saudáveis, quando temos esse poder na mão.

Boa semana! :)

domingo, 15 de dezembro de 2013

Flor do dia



“São muitas as possibilidades do porque da sua tristeza. Mas, não se preocupe - não procure entender. Saiba que, no mais profundo, é apenas uma grande saudade de Deus. É uma grande saudade do seu Eu divino. Você está sendo tocado pela grande nostalgia, aquela gerada pela saudade da morada sagrada.” 

Sri Prem Baba
imagemdaqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...