Pesquise no blog:

Carregando...

Tradutor

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Vamos perdoar? hã?


Olá amigos!

Hoje eu quero falar sobre o perdão...
Todos nós temos questões a resolver. Sempre precisamos perdoar alguém, alguma situação ou até nós mesmos...
Então reuni vários trechos de textos interessantes sobre o assunto para que possamos entender o processo e juntos nos libertarmos.

Vamos lá?


Muito se fala em perdão, mas poucas pessoas despertaram para o seu significado...
O perdão é uma chave preciosa para abrirmos portas para outras dimensões e evoluirmos. Não damos um passo na evolução espiritual se não limparmos nosso coração de verdade. Podemos levar anos de nossa vida nos dedicando a causas nobres, a ações beneficentes, mas se não perdoarmos àqueles que nos ofenderam, nos traíram, não adianta, não curamos nossa alma e o que é pior, comprometemos as outras pessoas também. Ficamos emaranhados e não conseguimos ser felizes.
Perdoando, você libera o outro para encontrar o seu caminho de cura também...
Afinal, como se diz: Se errar é humano, perdoar é divino!

Complete a reflexão lendo esse texto do livro Conversando com Deus, de Joseph Murphy:

O Perdão deve ocorrer em seu coração e mente para ser genuíno. Perdoar é dar. Dê a si mesmo o sentimento de amor e boa vontade, em vez do ânimo de ira, ressentimento ou ódio. A atitude mental governa a sua experiência. Mantenha a mente pura, equilibrada, serena e transbordando com a expectativa do melhor. Se sentir ressentimento contra outra pessoa, estará lhe dando poder demais e prejudicando a si mesmo. Perdoar é mudar o pensamento e mantê-lo mudado.



Imagine se deixo cair um copo e ele se quebra. Mesmo que eu prove que foi sem querer, que eu não tive absolutamente a intenção de quebrar o copo, ele quebrou mesmo assim. Portanto, para toda ação há uma reação. Se eu deixo o copo cair, ele se quebra: fato!

Nos nossos vínculos pessoais, tudo acontece da mesma maneira. Diante de nossas necessidades pessoais, esbarramos nos limites do outro e, mesmo que sem intenção, mesmo sem querer, quebramos estes limites e atingimos o outro. Diante do rompimento dos limites, o outro terá que lidar com os cacos que o atingiram e, no movimento, esbarra em outros limites, numa cadeia interminável que, na verdade, gera um movimento cósmico que traduziremos como aprendizado.

Certamente, se observarmos bem, da próxima vez redobraremos os cuidados ou teremos tido bastante experiência e evitaremos as quebras, aprendendo assim a caminhar, ao máximo possível, dentro de nossos próprios limites, respeitando o limite do outro.

Diante das leis inevitáveis do universo, como vamos nos culpar ou culpar o outro pelo que não pudemos ter ou dar?

O outro faz o que pode, faz o que crê, faz o que sua necessidade determina como sendo o certo daquele momento de sua existência.

Portanto, não há o que perdoar!

Trecho por Carmem Farage


Conflitos e mágoas acontecem porque fantasiamos, exageramos, criamos ilusões, expectativas, sobre situações que nos acontecem ou sobre o futuro, porque culpamos os outros por não terem realizado nossos desejos, nossas fantasias, por não terem correspondido às nossas expectativas. Mas, quando conseguimos enxergar o quadro sob um outro ponto de vista, percebemos que nada havia a ser perdoado, nós é que estávamos delirando, sonhando, fantasiando, distorcendo as coisas.

Enquanto não aceitarmos as coisas, as pessoas, as situações como realmente são, a vida tal qual se apresenta, não será possível perdão algum. Precisamos entender que tudo é como deveria ser. Nós é que, com nosso orgulho, achamos que tudo deveria ser diferente, que tudo deveria ser do jeito que idealizamos.

Trecho por Fábio Ferreira Balota


Pois é amigos...
Cada um é o que sabe ser...

Ninguém está neste mundo para satisfazer nossas expectativas e nós também não estamos neste mundo para satisfazer as expectativas de ninguém. Portanto, vamos limpar nosso coração definitivamente de todo o peso que carregamos por achar que alguém deveria ser, pensar ou agir diferente conosco.

Agora vamos fazer uma visualização...

Sente-se ou deite-se confortavelmente, caso prefira coloque uma música e aromas que lhe agradem. 
Comece visualizando:

  • Imagine um riacho a sua frente, cercado por uma bela paisagem...
  • Imagine-se entrando nesse riacho até a água atingir seus joelhos...a água está numa temperatura agradável e você sente a brisa, as pedras no fundo, o canto dos pássaros...enfim...sente-se muito bem neste lugar.
  • Você sente a água passado por suas pernas e seguindo o seu curso natural
  • Agora coloque suas mãos em frente ao chakra cardíaco (no peito) e veja uma energia escura saindo, formando uma bola nas suas mãos. Essa energia escura é toda a mágoa, toda revolta, todo o ódio contra alguém...enfim, tudo que te prende ao passado.
  • Agora coloque essa bola de energia nas águas do riacho...e deixe ir embora com a correnteza.
  • Entregue...a partir de agora, tudo está nas mãos de Deus.
  • Sinta um alívio...sinta-se leve...
  • Agora banhe-se no riacho e sinta todo o seu corpo limpo.
  • Respire esta energia lenta e profundamente e abra os olhos.

O Perdão favorece a sua saúde, seus processos de cura, seus relacionamentos, sua espiritualidade e sua prosperidade. Exercite e veja a diferença em sua vida!
Faça esse exercício de visualização várias vezes se for necessário...até sentir que tudo está limpo.

Agora decrete para si mesmo:
Sou infinitamente virtuoso porque tenho a divina capacidade do perdão. Não há lugar para rancores, raivas, ódios ou mágoas no meu coração. Todos os vestígios ruins do passado estão apagados para sempre. Perdoo, sou perdoado e sou feliz.


Seja feliz e liberto...
Como diz aquela frase:
"Perdoar não é esquecer, mas é tirar a mão da garganta do outro"
Solte! Liberte-se!
A vida é tão curta para perdemos tempo!

Pense nisso...
Beijos cheios de paz...

16 comentários :

  1. Perdoar e ser perdoado é divino.

    Vir aqui é inclassificável.

    Amei tds os textos e tdas as imagens, a das borboletas então \o/

    ResponderExcluir
  2. Olá.
    Gostei de mais de seu blog,quer divulgar em um portal,isso mesmo,o Portal Teia,um portal exclusivo para blogues de qualidade assim como o seu.
    Se interessar é só nos fazer uma visitinha.
    Até mais

    ResponderExcluir
  3. Um a postagem maravilhosas.

    Creio que perdoar verdadeiramente é sublime.

    Magnífica postagem.

    Um abraço.
    Élys.

    ResponderExcluir
  4. Tudo o que li aqui é divino! E é verdadeira a frase que diz "perdoar não é esquecer, mas é tirar a mão da garganta do outro"! É nisso que acredito. Pois esquecer é uma questão de tempo, não depende de nós. Mas quando não conseguimos lembrar de um fato ou uma pessoa, sem sentir raiva, despreso, ressentimento, sem desejar o bem do fundo do nosso coração, então ainda não perdoamos. Adorei o post!!! Simplesmente, maravilhoso!

    Beijinhos!♥

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Sheila!
    Vir aqui é restaurar nosso cansaço, refletir
    e acalmar o coração.
    Tens razão, perdoar não é esquecer, mas sim lembrar de uma
    forma leve e sem rancor daquilo que nos causava amargura.
    Amei ler esses textos tão edificantes.
    Abraços! Uma tarde iluminada pra ti.

    ResponderExcluir
  6. Sheila, Sheila, Sheila!!!
    Belas palavras, uma escrita que nos deixa mais leve.
    Perdoar realmente não é fácil. Mas não gosto de guardar mágoas e ficar pensando em determinadas pessoas sobre o que fizeram que talvez tenha me deixado triste. Gosto de continuar lembrando dessas pessoas, mas apenas dos momentos que fomos felizes. Deus nos abençoe sempre!!!
    Bjokas...da Bia!!!
    http://pequenosgrandespensantes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Como já li por aqui: quando perdô-o, torno-me Divino...777 vezes Divino!

    ResponderExcluir
  8. Nem sempre é fácil ...mas temos que tentar!

    bela postagem.
    bj

    ResponderExcluir
  9. Sempre tive facilidade para perdoar e esquecer.
    Falo isso sem falsa modéstia. Mas, algumas pessoas são tão difíceis que mesmo perdoando-as, reiteradas vezes, ficamos sempre caminhando sobre o fio da navalha.
    Deus tem me ajudado muito a perdoar os outros e a mim também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Sheila,
    Muito interessante este post, difícil falar do perdão né?
    Acho que o perdão é libertador mais para quem perdoa do que para quem é perdoado.
    Bjs e tudo d bom

    ResponderExcluir
  11. Oiiii... passei pra te avisar que terá sorteio em meu blog, particpe!!!
    Blog Pensando e Aprendendo
    http://sandraduarteborges.blogspot.com.br

    Se quiser participar apenas uma vez é particpar do Blog e me deixar um comentário, se quiser participar duas vezes coloque o meu selinho na lateral do seu blog de forma bastante visível e me deixe o seu link.

    Boa Sorte!!!!
    Sandra

    ResponderExcluir
  12. Minha querida! tão lindo e tão sábio...a vida fica mais leve se praticarmos o perdão...amei a postagem...bjs

    ResponderExcluir
  13. Perdoar é essencial, não perdoar nos faz acalentar as feridas.
    Òtimo post. Bjss

    ResponderExcluir
  14. Seja sempre muito bem vinda ao meu blog, que é nosso...kkk... e vc j´pa está concorrendo ao livro do Blog
    Pensando e Aprendendo

    Sandra

    ResponderExcluir
  15. Perdoar é sem dúvida divino, libertador.

    ResponderExcluir
  16. Este blog é divinamente inspirado, AMO!!

    ResponderExcluir

Fico feliz com a sua companhia!
E fico mais feliz ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada viu! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...