Tradutor

sábado, 31 de março de 2012

Compaixão, sorriso e paz...


"Quando entramos em contato com outra pessoa, nossos pensamentos e ações devem expressar a nossa mente de compaixão, mesmo que essa pessoa diz e faz coisas que não são fáceis de aceitar. Nós praticamos desta forma até que nós vemos claramente que nosso amor não depende da outra pessoa ser amável.

Sorrir é muito importante. Se não somos capazes de sorrir, então o mundo não terá paz. Não é por sair para uma manifestação contra mísseis nucleares que podemos trazer a paz. É com a nossa capacidade de sorrir, respirar e ser a paz que podemos fazer a paz."

Thich Nhat Hanh


Veio de Icaraí...

Acordei com um carinho vindo de longe....
De Icaraí no Rio de Janeiro!
Ganhei uma linda carteira e uma gentil cartinha feita pelas habilidosas mãos de Maria Célia!
Bom, o que eu posso dizer?
Você me emocionou minha querida!
Obrigada! Obrigada! Obrigada!

sexta-feira, 30 de março de 2012

Você está onde se põe...


"Você está onde se põe!
O pior é que continuamos do lado dos “deveria”, achando mesmo que tudo tinha que ser diferente, perpetuando nossa condição de rejeitados sendo postos de lado pela vida. Os "deveria" de hoje são as causas das decepções de amanhã. Só quem não faz o jogo do "deveria" tem chances de ser feliz...
Você está onde se coloca:
Se você se põe como azarado o azar o persegue.
Se você se põe como inferiorizado a vida o inferioriza.
Se você se põe como desgraçado a vida o desgraça.
Mas se você tiver a modéstia de ver que tudo não passa de pretensão de sua parte, sua vida vai melhorar muito."

(Luiz A Gasparetto)


Lembre-se...


Infinito...


"Quando focamos somente naquilo que acreditamos ser possível, estamos impedindo que se manifestem todas as outras possibilidades e com isso limitamos a nossa vida aos mesmos velhos e conhecidos caminhos.
Estar aberto e presente para perceber o ilimitado pode nos surpreender com coisas nunca imaginadas...
Por que viver só com nossas soluções do ego, se nossa Alma nos acena com o infinito?"

Rubia Dantés

quinta-feira, 29 de março de 2012

Sobre a paciência...


"Em algumas circunstâncias, eu disse para mim mesma, toda feliz: “é desta vez”. Disse para logo em seguida, meio sem graça, precisar desdizer. Não era. Não, ainda, essa palavra que faz toda diferença para efeitos de esperança. Era de mentirinha. Rebate falso, propaganda enganosa, miragem no deserto, esses embaraços que existem aqui e ali na vida, e costumam ser do tamanho da nossa expectativa. Superáveis, quase todos, mas chatos, muito chatos. Paciência é também esse exercício que renovo todo dia: o de aguardar que uma hora dessas seja a vez de verdade."

Ana Jácomo.


Tempos modernos...


"Às vezes me sinto uma anciã, lamentando o quanto a vida está ficando miserável. Não se trata apenas dos miseráveis sem comida, sem teto e sem saúde, o que já é um descalabro, mas da nossa miséria opcional. Abreviamos sentimentos, abreviamos conversas, abreviamos convivência, abreviamos o ócio, fazemos tudo ligeiro, atropelando nosso amor-próprio, nosso discernimento, vivendo resumidamente, com flashes do que outrora se chamou arte, com uma idéia indistinta do que outrora se chamou liberdade. Todos espiam todos, sabem da vida de todos, e não conhecem ninguém. Modernidade ou penúria? "

Martha Medeiros


Se perder...


Quando sentimos um vazio, uma falta de sentido, nasce o desejo de " algo" que possa nos completar, um objeto, um sentimento, um estado de espírito prazeroso.
Se nos mantermos na rota e se vamos na direção de algo , este alvo, mais cedo ou mais tarde é atingido.
Muitos alcançam muito mais tarde, outros nunca alcançam e vivem no tédio, frustração e espera em vão.
Alguns se envolvem no mundo das explicações e dos porquês e inocentemente se perdem mais ainda.
Alguns vivem num rosário de queixas e justificativas completamente fora da rota.
Alguns lutam, brigam , entram em conflito sem se dar conta do enfraquecimento e inércia que isto produz.
Vem à apatia, a emoção que faz o mundo parar de girar, nada mais sai do lugar.
Nada acontece no mundo lá fora até que algo se mova no mundo interno.
O perdido é aquele que esquece de manter o desejo de onde queria chegar!

Rosalia Schwark



Esnobar...



Revelação...


"Para o bem ou para o mal,
suas palavras são a sua propaganda.
Todas as vezes que abre a boca,
você revela o que existe em sua mente."

Bruce Fairchild Barton


quarta-feira, 28 de março de 2012

A maneira de amar...


"O rio passa ao lado de uma árvore, cumprimenta-a, alimenta-a, dá-lhe água... e vai em frente, dançando.
Ele não se prende à árvore. A árvore deixa cair suas flores sobre o rio em profunda gratidão, e o rio segue em frente.
O vento chega, dança ao redor da árvore e segue em frente.
E a árvore empresta o seu perfume ao vento...
Se a humanidade crescesse,amadurecesse, essa seria a maneira de amar."

Osho

Conhecimento e Sabedoria...


Não estrague seu dia...


"A sua irritação não solucionará problema algum.
As suas contrariedades não alteram a natureza das coisas.
Os seus desapontamentos não fazem o trabalho que só o tempo conseguirá realizar.
O seu mau humor não modifica a vida.
A sua dor não impedirá que o sol brilhe HOJE sobre os bons e os maus.
A sua tristeza não iluminará os caminhos.
O seu desânimo não edificará a ninguém.
As suas lágrimas não substituem o suor que você deve verter em benefício da sua própria felicidade.
As suas reclamações, ainda mesmo que afetivas, jamais acrescentarão nos outros, um só grama de simpatia por você.
NÃO ESTRAGUE SEU DIA.
Aprenda, com a sabedoria Divina, a desculpar infinitamente, construindo e reconstruindo sempre o infinito BEM."

Chico Xavier


Nunca se detenha...


"Enquanto estiver vivo, sinta-se vivo.
Se sentir saudades do que fazia, volte a fazê-lo.
Não viva de fotografias amareladas...
Continue, quando todos esperam que desistas.
Não deixe que enferruje o ferro que existe em você.
Faça com que em vez de pena, tenham respeito por você.
Quando não conseguir correr através dos anos, trote.
Quando não conseguir trotar, caminhe.
Quando não conseguir caminhar, use uma bengala.
Mas nunca se detenha."

Madre Teresa de Calcutá


terça-feira, 27 de março de 2012

Para ver coisas novas,,,


Para ver coisas novas, é necessário renovar o olhar e a maneira de sentir a vida.
Falar de coisas futuras, mas com vários vícios antigos dentro do coração, é engano certo!
Cada ser é um universo em miniatura, um microcosmo cheio de pensamentos e sentimentos, um infinito de possibilidades no tecido vivo de si mesmo.
Quando se olha o universo externo, com o olhar que já viaja pelo infinito de dentro... tudo muda.
Quando se busca voar por fora, mas com o voo equilibrado, por dentro, em si mesmo, tudo muda.
Quando se toma consciência de que o amor é o grande lance, tudo muda, por dentro e por fora.

Wagner Borgers


Liberar as resistências...

Se você esperar até que seu corpo esteja completamente desidratado antes de beber algo, ou completamente abatido antes de comer alguma coisa, seu corpo pode se distanciar equilíbrio. Embora seja possível, finalmente, trazer seu corpo de volta a um estado de bem-estar, é muito mais fácil manter um equilíbrio físico saudável do que recuperá-lo após perdê-lo.

A maioria das pessoas nunca se coloca na dramática situação em que está, sem água ou comida, a ponto de causar danos a seus corpos físicos; no entanto, não é incomum pessoas privarem seus corpos de algo igualmente importante: o alinhamento com a Fonte de Energia.

Do mesmo modo que é uma boa ideia beber quando você sente a indicação da sede – e, consequentemente, manter seu Bem-Estar bem antes que a desidratação seja vivenciada –, é igualmente importante mudar o pensamento e liberar a resistência na primeira indicação da emoção negativa. Embora, certamente seja possível resistir à emoção negativa por longos períodos de tempo, não é a experiencia ótima para as células de seu corpo físico.

Quando você aprende a liberar resistência nos estágios iniciais, sutis, seu corpo físico tem que vicejar. Vicejar é o que é natural para você.

Abraham
Do livro ‘Entrando no Vórtice, Meditações Orientadas’, dos Abraham

5 verdades sobre o medo...


Nós tememos estar sozinhos e tememos multidões. Nós tememos os médicos e tememos viver com problemas de saúde. Nós tememos o sexo oposto e tememos não conhecer o sexo oposto. Nós tememos tomar decisões e tememos não surpreender. Nós tememos problemas e tememos oportunidades. Tememos o fracasso e tememos o sucesso. Nós tememos entrevistas de emprego e tememos o desemprego. Nós tememos nos impor e tememos não sabermos nos impor. Tememos ser empurrados e tememos ser carregados. Tememos romper um relacionamento e tememos permanecer num relacionamento. Tememos conhecer um novo alguém e tememos não encontrar ninguém.

Nossa! Que lista de medos contraditórios! A verdade sobre esses medos é que eles são loucos e irracionais. Que medos que você experimenta e acredita serem só seus? Quais os medos que o enlouquecem?

Como você viu no início deste artigo, tememos um aspecto da história da mesma forma que tememos o aspecto oposto da mesma história. É possível que tenhamos medo de falar com um desconhecido e, ao mesmo tempo, temamos não conhecer gente nova pois o medo esconde a verdade. A experiência que o medo lhe traz é uma cortina de fumaça. Ele o torna irracional. O medo esconde a verdade de você. O medo não quer conhecer a verdade sobre si próprio e sobre você.

O medo que experimentamos é imobilizador. Ele nos paralisa não nos deixando agir e alcançar o que queremos. Nós podemos desejar alguma coisa, mas o medo envia ao nosso corpo algo que se parece com uma carga eletromagnética que bloqueia nosso funcionamento físico.

De acordo com Susan Jeffers, Ph.D. em “Sinta medo e faça de qualquer forma”, há cinco verdades a respeito do medo, qualquer que seja o seu medo, desde que não envolva sua saúde, como tomar drogas, por exemplo.

Verdade 1 - O medo jamais irá desaparecer ao longo do nosso desenvolvimento.

Nossos antepassados experimentaram o medo porque eles eram ameaçados por animais perigosos ou por um ambiente hostil. O medo tem o seu propósito evolutivo pois serve para nos proteger. Seja qual for o objeto de seu medo, o próprio medo desencadeia em você a sensação de perigo. Ele lhe mostra que a coisa que você teme irá causar-lhe dor. O medo faz você achar que não vai conseguir lidar com isso.
É muito mais agradável experimentar o crescimento e conviver com medo do que viver paralisado pelo medo. Não seja uma daquelas pessoas que esperam viver uma vida sem medo. Como disse Thomaz Leonard: “O medo é natural. Conviva com ele.” O medo irá diminuir com relação às coisas com as quais você se envolver profundamente. No entanto, toda vez que você explorar territórios desconhecidos novos medos virão. Eu sei que não é agradável ouvir essas coisas, mas eu estou aqui para dizer-lhe a verdade sobre o medo e o que ele não quer que você saiba. É muito mais agradável experimentar o crescimento pessoal e conviver com o medo do que viver paralisado pelo medo.

Verdade 2-  A única forma de se livrar do medo de fazer alguma coisa é indo lá e fazer.

Parece contraditória à verdade 1, mas pode ter certeza que ambas são verdades. O medo sempre vai existir em sua vida, mas não tem que existir nas coisas que você faz. Quando fazemos as coisas que tememos, criamos confiança em nossa capacidade de lidar com essas situações. O medo diminui.
Nós sentimos medo porque a incerteza aumenta quando temos que lidar com o desconhecido. “O medo vem da incerteza”, disse Willian Congreve. Quando nós temos certeza absoluta de nosso valor ou mesmo da nossa falta de valor, nos tornamos quase inacessíveis ao medo.

Verdade 3- O único jeito de se sentir bem com você mesmo é ir lá e fazer.

Quando estamos com medo nós prometemos que iremos agir assim que nos sentirmos melhor. “Quando eu estiver pronto eu..., se eu puder eu..., eu vou esperar até eu...”. Pare de esperar seja lá o que você estiver esperando. Mude sua atitude.
Da mesma forma que a auto-estima aumenta a sua capacidade de tomar atitudes, também o agir aumenta sua auto-estima. O sentimento de auto-confiança irá aumentar, como um bom investimento financeiro, levando você a aumentar cada vez mais seus sentimentos positivos em relação a você mesmo. Não espere ser um palestrante corajoso antes de fazer a palestra. Faça primeiro a palestra para então tornar-se um palestrante seguro.
O mito da verdade 3 - “quero me sentir melhor antes de fazê-lo” - é o pensamento oposto ao da verdade. Você não vai se sentir uma pessoa melhor ou ter mais auto-confiança até fazer aquilo que teme. É quando você mergulha na ação que começa a se sentir bem, não o contrário.

Verdade 4- Não é só você que sente medo quando está em um território desconhecido. Todos nós sentimos.

É muito encorajador e agradável ouvir a verdade 4. É verdade que todo o mundo experimenta o medo em um território desconhecido. Todo palestrante ou escritor que eu conheço sofre ou sofreu medo e insegurança com relação ao julgamento dos outros.
O medo está disseminado na mente humana. O medo quer que você pense que ele é um problema psicológico sem igual. O medo é um problema educacional. Aqueles que estão junto a você, ou aqueles que você inveja, também experimentam, ou já experimentaram, o mesmo medo que você acha ser seu somente. São as inseguranças que sentimos e que parecem únicas, que unem a todos nós.

Verdade 5- Enfrentar o medo deve ser menos assustador do que viver com um medo subjacente, que advém de um sentimento de impotência.

O medo de estar doente deve assustar mais do que o medo de ir ao médico. O medo do divórcio não pode ser mais assustador do que o medo de enfrentar um difícil problema de relacionamento. O medo de não se ter amigos deve ser mais assustador do que o medo de se aproximar de um estranho. "A coragem não é a ausência do medo", disse Ambrose Redmoon, "mas é pensar que existe alguma coisa mais importante que o medo, a ser alcançada."

Repita cada uma dessas verdades pelo menos 20 vezes pela manhã e à noite. Quando você afirma essas verdades continuamente, acaba aceitando-as em sua vida. Você não mais será pego pelo medo. Não deixe o medo enganar você. Conviva com o medo e viva a vida sem medo.

por Celso A. Cavalheiro


segunda-feira, 26 de março de 2012

A Paz interior...


"Descobri que o mais alto grau de paz interior decorre da prática do amor e da compaixão. Quanto mais nos importamos com a felicidade de nossos semelhantes, maior será o nosso próprio bem-estar. Ao cultivarmos um sentimento profundo e carinhoso pelos outros, passamos automaticamente para um estado de serenidade. Esta é a principal fonte da felicidade."

Dalai Lama


Quer uma pele maravilhosa? hã?


A ala masculina que me perdoe, mas hoje o papo é de mulherzinha! Aham... pois quero compartilhar com vocês uma dica de beleza

É algo que achei formidável e que mudou a minha “cútis”! :)

Sim amigos...passei dos trinta e os cuidados devem ser redobrados. Sempre adorei cremes, tenho vários, mas este hidratante rejuvenescedor me causou encantamento devido a simplicidade e o preço!

Curiosa? Então, vamos lá...

Antes de dormir, lave o rosto com um sabonete de limpeza profunda. Eu gosto de usar um que é antibacteriano ( aquele que mata 99,9% dos germes).

Depois da pele limpinha e seca (e com o cabelo preso hã?) , pegue uma cápsula de “Vitamina E” , faça um furinho e retire o líquido viscoso de dentro e espalhe sobre o rosto. 

Como eu disse é um líquido viscoso, grudento...mas não se assuste pois não ficará assim!

Faça massagens e aos poucos a pele vai absorvendo o líquido naturalmente.

Pela manhã...lave o rosto e use um filtro solar.

No primeiro dia já se nota a diferença... um mês depois então...a pele fica hidratada e com uma aparência mais suave!

Vi esta dica na TV, no Discovery home & health..testei e aprovei!

E repasso para vocês com todo o carinho!
O que é bom deve ser compartilhado! Não é mesmo?



Ir em frente...


domingo, 25 de março de 2012

A vida...


"A nossa vida é um presente, um presente imensamente valioso. Podemos compreender isso ou não, mas ela é um presente infinito. Pense na vida como um presente e então tomará mais cuidado com a sua vida. Você começará a amar a sua vida. Então, não a desperdiçará. Ela é preciosa.... cada momento é imensamente precioso e, uma vez que ele se foi, não volta mais."

Osho


sábado, 24 de março de 2012

Sobre as imitações....


"É impressionante as pessoas que abrem mão de si mesmas para imitar outras, sem se dar conta de que há tanta semelhança entre a VERDADE e a mentira, como entre o SER e a própria sombra. A diferença é que o primeiro tem VIDA e o segundo não, conseguindo enganar apenas aos que vivem apenas na imagem (aos hologramas), sem desenvolver a alma. Só por hoje, SEJA VOCÊ, sem imitações, comparações, competições!"

Anna Sharp

O disfarce...





Não queiram saber o que eu passei para encontrar essa figurinha  hoje!
Quando estava perdendo as esperanças...olha ela aí...disfarçada de moita!
E o pior é que ela observava todo o meu desespero e não fez nada!
Ficou lá, quietinha, com um sorrisinho irônico tipo :

- Nossa! Ela me ama muito mesmo!!!

Beijos aliviados...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...